O comprometimento pessoal te faz viver experiências únicas e suas

A vulnerabilidade é a verdadeira coragem
17 de agosto de 2018
Elimine obstáculos, entenda e pratique a roda da abundância
29 de agosto de 2018

O comprometimento pessoal te faz viver experiências únicas e suas

Tenha mais comprometimento pessoal e viva uma experiência só sua!

 A importância do comprometimento pessoal: Os jovens de hoje tem acesso a milhares de informações diariamente em diversos canais disponíveis de forma gratuita. Seja entretenimento, cursos, palestras, filmes etc., a quantidade de informação disponível hoje é tremendamente maior que a qualidade delas.

Enquanto meus avós viveram a busca pela estabilidade, hoje vivo na era das mudanças. Pessoas buscam mudanças todos os dias para sobreviverem ao que o mundo exige hoje: saber sobre tudo que acontece nas redes sociais, ao redor do mundo, mas muitos nem se quer sabem o nome do vizinho do prédio. Relacionamentos se tornaram rasos e horizontais. A internet aboliu o espaço e parece que quanto mais compartilhamentos mais sozinhos estamos. Parece redundante procurar a felicidade naquilo que nos divide. Tudo é urgente, para ontem. Se pensamos em pensar o que queremos, já estamos atrasados e claro, quem quer correr o risco de ficar de fora?

Relacionamentos horizontais potencializam a fragmentação da identidade.

As pessoas dizem que precisam de mais informações enquanto na verdade precisam mesmo é de mais comprometimento pessoal. Comprometimento pessoal, significa comprometimento consigo mesmas.

O comprometimento pessoal é tão importante quanto o comprometimento com as decisões tomadas. Isso é sinal de maturidade, de autonomia.

O comprometimento pessoal, ou seja, comprometer-se primeiramente com a sua própria vida é reconhecer que ela é de fato importante. Também é importante saber que ser responsável pela sua própria vida implica algumas atitudes maduras.

Responsabilidade é responder à vida com habilidade, é dar valor único e exclusivo as suas experiências de vida.

Uma pessoa que critica por exemplo tudo e a todos na verdade está colocando para fora o barulho que está dentro. Já dizia o ditado: carroça vazia faz barulho.

Um crítico é aquele que possui mais informação do que experiência de fato

Essa não é uma forma comprometida e responsável de responder à vida, definitivamente o comprometimento pessoal não é isso. Então é melhor ficar em silêncio a criticar tudo e todos. A tentação de responder a uma crítica ou simplesmente fazer uma crítica disfarçando ela de “crítica construtiva”, não vai te fazer alguém mais amável ou bem sucedido. Somente alguém mais chato, crítico e vazio.

o comprometimento pessoal - crítico

o comprometimento pessoal – crítico

Um crítico é aquele que possui mais informação do que experiência de fato. As pessoas criticam aquilo que ainda não entenderam. Se há algo ainda que você não entendeu, aprenda a ficar em silêncio, dessa forma além de você poupar o mundo de negatividade, você se da a oportunidade de aprender algo novo.

Leia também ~> Tenha o auto controle de sua vida e saiba onde chegar!

Acho engraçado quando alguém puxa um assunto sério, sobre o país, a cultura, a sociedade, a família, amigos, religião etc. e me coloca no meio da afirmação.

A questão é que reclamar, criticar, vitimar, julgar, justificar são formas de entregar o controle da própria vida para os OUTROS.

Se os outros estão no controle existe uma dependência dos OUTROS para que as coisas sejam transformadas, adeus autonomia.

Ao entender isso eu pude descobrir que justificar um atraso de 5 minutos é tão desrespeitoso quanto atrasar 50 minutos, entendi que reclamar da fila do café é tão irresponsável quanto reclamar o dia inteiro do chefe, da família, do transito. Um amigo meu diz que meus problemas podem ter o nome dos meus pais, mas a solução tem o meu nome.

Se como eu faço qualquer coisa é como faço tudo, então eu decidi que ao invés de justificar um atraso de 5 minutos ou 50 minutos eu devo aprender com eles seja por 5 minutos, seja por 50 minutos. Decidi que ao invés de reclamar do chefe ou da família por exemplo eu passaria a sugerir coisas que pudessem funcionar melhor, decidi que ao invés de me vitimar por um julgamento ou uma vida de julgamentos e injustiças eu passaria a me fazer de vencedora e comunicar e agora como uma vencedora em qualquer situação que fosse.

O comprometimento pessoal inspira!

Quando passei a praticar essas atitudes percebi que pessoas perto de mim também passaram a se comprometer mais e se responsabilizar por suas próprias vidas.

o comprometimento pessoal inspira!

o comprometimento pessoal inspira!

Eu entendi que sou responsável pelos meus resultados! Com isso as pessoas perceberam que são as únicas responsáveis pela vida delas também.

Olha só que história…

Uma vez eu tive uma experiência incrível sobre a maneira como as pessoas tentam aliviar suas dores através de outra vida. Uma pessoa estava começando um relacionamento e acabou se envolvendo com outra pessoa. Seu discurso ao ser “pego” foi : “Eu imagino como está a sua cabeça neste momento. Me desculpe, espero que você pense melhor antes de pararmos por aqui.”

Não é interessante alguém lhe dizer que imagina como está a cabeça de um outro ser humano?

Ele estava dizendo que imaginava que a outra pessoa estivesse enfurecida, confusa, chateada, com raiva, desesperada etc.

Afinal ele concluiu com um espero que… o que indica que ele já imaginara as possibilidades do momento.

E de forma simples, direta e com muita educação sua parceira o respondeu: “na minha cabeça está tudo bem e na sua?”

Ele havia traído a si mesmo.

“Se você tem pequenos acordos cumpra-os, afinal quem não mantem pequenos não manterá grandes acordos.”

Termine o que começa ou avise que não será possível.

Faça algo a respeito da sua própria vida, tome decisões, afinal escolhas exigem responsabilidade e responsabilidade exige maturidade. Revele a sua situação atual para você mesmo e abra o caminho para transformá-la.

O excesso de informações dá a sensação de que as coisas estão “caminhando” e que tudo esta sob controle. Não fazer nada a respeito das informações, não fazer escolhas também é uma escolha: ficar parado onde está.

comprometimento pessoal - ir até o final

comprometimento pessoal – ir até o final

O medo do desconhecido faz com que a familiaridade passe a impressão de prisão! Mas muitas pessoas não estão presas a isso e sim se protegendo através disso.

Decidir e se comprometer a voar mais alto significa eliminar os pesos extras. Metamorfose é isso. Comprometimento pessoal é isso!

Se você é o único responsável pela sua vida é possível que você também viva momentos de solidão.

E isso é parte da transformação pessoal.  Estar sozinho e estar solitário são coisas distintas. Enquanto a primeira é uma habilidade de focar e dedicar tempo a si, a segunda é o medo em ação. Sentir-se solitário é a idéia baseada no futuro de perder algo que tem ou não conseguir algo que considera que precisa, que é necessário.

O medo do abandono, do julgamento, da morte faz com que as pessoas evitem a vida. Se estamos falando da sua vida agora, então nada melhor que entrar em contato com a sua própria vida para descobrir sobre ela! Nada melhor do que estando sozinho com você mesmo para isso. Em algumas situações você verá que é só disso que precisa.

Queira um pouco mais de você, tenha uma experiência só sua.

1 Comentário

  1. TAWER LATANZA disse:

    Muito bom! “O medo do abandono, do julgamento, da morte faz com que as pessoas evitem a vida”, parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *